Infecção Hospitalar: mercado necessita de profissionais preparados

Notícias

Infecção Hospitalar: mercado necessita de profissionais preparados

Infecção Hospitalar: mercado necessita de profissionais preparados

*por Olgair Almeida

OlgairNo mundo da enfermagem é cada vez maior o número de opções de especializações, que tornam o profissional mais preparado e competitivo para disputar as melhores vagas. Uma das áreas para a qual indico que as atenções sejam voltadas é a de controle de infecção hospitalar.
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada ano, aproximadamente, 14% dos pacientes internados no Brasil contraem algum tipo de infecção hospitalar. Como agravante, cerca 100 mil pessoas morrem em consequência das infecções, conforme dados da Associação Nacional de Biossegurança (Anbio). Desde 1983, o Ministério da Saúde obriga que os hospitais constituam a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar com o objetivo de que esforços preventivos sejam realizados como parte da rotina diária da enfermagem.

A CCIH é considerada um órgão de consultoria dentro da instituição hospitalar. Neste contexto, o enfermeiro exerce uma função de extrema importância, pois está envolvido diretamente no cuidado do paciente e participa da CCIH com funções bem definidas relacionadas ao cuidado holístico, que abrange desde o cuidado com a assistência direta da pessoa até o cuidado com o ambiente.

Na prática, o profissional  de  CCIH atua nas comissões de  padronizações de produtos, núcleo de segurança  do paciente assim como  na elaboração e validação  dos  protocolos assistenciais e das áreas de apoio, com ações preventivas a infecções. O conhecimento sobre controle das infecções relacionadas à saúde traz ao enfermeiro conceitos que irão ajudá-lo no dia a dia, seja na sua área de atuação assistencial  ou em processos gerenciais que contribuam para o controle das infecções.
À medida que a população hospitalar aumenta e que novas instituições de saúde chegar ao mercado, é notório que mais profissionais de enfermagem, com visão e preparo para a prevenção e combate das infecções típicas de hospitais, sejam requisitados para suportar esta necessidade crescente do mercado. Um profissional com perspectiva ampliada sobre riscos e prevenção de infecção hospitalar é o que proponho para a pós-graduação que coordenarei a partir de setembro no Instituto Cleber Leite.
*Olgair Almeida professora da pós-graduação da Pós em Controle de Infecção Hospitalar, no Instituto Cleber Leite, enfermeira, há 15 anos na coordenação da área de CCIH.

 

 

 

 

Compartilhe:
Skip to content