A excelência e cursos de Estomaterapia no Brasil

Notícias

A excelência e cursos de Estomaterapia no Brasil

A excelência e cursos de Estomaterapia no Brasil

  • por Néria Invernizzi da Silveira

Néria

A liderança da enfermagem nas práticas profissionais da saúde é notória e crescente no que tange a complexidade de procedimentos são exclusivamente de responsabilidade do enfermeiro. Neste contexto de alta relevância, temos a especialidade em  estomaterapia com objetivos específicos para os aspectos de prevenção da integridade da pele, diagnóstico precoce,  tratamento avançado em pessoas com feridas ( agudas  ou crônicas), e reabilitação aos pacientes atráves de conhecimento técnico e científico para avaliar biopsicossocial e espiritual, orientar, prescrição de equipamentos coletores e adjuvantes, auxiliar no enfrentamento da pessoa sobre como conviver com estomias e tratamento , não invasivo de incontinências urinária ou anal, além dos cuidados especializados de pessoas com fístulas digestivas e/ou outras origens  e de danos causados após o uso prolongado de cateteres, tubos e  drenos.

Estamos diante tanto de uma necessidade quanto de uma oportunidade. A estomaterapia é uma especialidade relativamente nova no Brasil, quando comparada a outras áreas de tratamentos da saúde. O primeiro curso de pós-graduação em Estomaterapia no Brasil foi criado no ano 1.990 e em 1992 nascia a Sociedade Brasileira de Estomaterapia  (SOBEST), com a missão de disseminar as melhores práticas da especialidade, assim como credenciar escolas que estejam verdadeiramente adequadas às normas de ensino autorizadas pelo Ministério da Educação e Cultura ( MEC), referendado pela SOBEST e credenciado internacionalmente pelo World Council of Enterostomal Therapists  (WCET) para a formação de enfermeiros estomaterapeutas e a inserção dos estomaterapia em planos de carreira nacionalmente

O Instituto Cleber Leite em parceria com a Faculdade Gennari& Peartree ( FGP) é mais uma instituição de ensino disposta a seguir com o rigor dos padrões exigidos, contribuindo para formação de profissionais habilitados sob princípios de alta responsabilidade e ética na estomaterapia brasileira.

No próximo dia 7 de outubro, daremos continuidade ao processo de formação da primeira turma de pós-graduação em Estomaterapia e teremos a honra da presença da Profa Dra Vera Lúcia Conceição de Gouveia Santos, precursora da estomaterapia no Brasil, renomada nacional e internacionalmente com inúmeras publicações científicas sendo uma das editoras livro Assistência em Estomaterapia: Cuidando de Pessoas com Estomia. Com sua ampla visão sobre o tema, a Profa Dra Vera Lúcia Conceição de Gouveia Santos é a nossa convidada especial para a palestra magnânima sobre a Especialidade em Estomaterapia no Brasil e no mundo, assim como a importância vital dos cursos de estomaterapia agregando o visão, missão e valores  à especialização.

Neste mesmo mês de outubro, precisamente no dia 21, teremos a participação da Prof. Dra. Maria Angela Boccara de Paula, Presidente da SOBEST, gestão 2015-2017 que nos abrilhanta em compor o corpo docente deste curso.

Para trilhar este fundamental processo de capacitação de novos especialistas em estomaterapia, a coordenação do curso técnica administrativa será pela Enfermeira titulada pela SOBEST (TiSOBEST) Néria Invernizzi da Silveira juntamente com as Enfermeiras Estomaterapeutas Aline Teles Tavares, Andressa Maciel Bustamante, Karina Silva Inocentine e Kênia Delgado, bem como renomados docentes em estomaterapia, especialistas, mestres e doutores de área afins da abrangência da especialidade e da estomaterapia.

Néria Invernizzi da Silveira é bacharel em Enfermagem pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Enfermeira Estomaterapeuta pela Escola de Enfermagem Universidade de São Paulo (EEUSP), mestranda em Educação para Profissionais de Saúde pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC), Membro da SOBEST e WCET, coordenadora do curso de Estomaterapia da Unicamp,  Estomaterapeuta TiSOBEST e que acrescenta mais este compromisso com a estomaterapia brasileira na coordenação do Curso de Especialização do Instituto Cleber leite.

 

Compartilhe:
Skip to content